Creepers

tumblr_mi9r11NhoH1s56drto1_400_largeBah sexta-feira nem acredito que essa semana passou e que finalmente o final de semana está ai, no find passado eu e o Andreos fomos ao shopping novamente :p e fomos ver as coleções e vimos vários modelos de creepers até experimentar um o Andreos me fez, até que são bonitos mas apenas os normais pretinhos sem nada de exageros e detalhes.

creepers121212

Um pouco de história.

Esse tipo de sapato foi criado na Segunda Guerra Mundial, por volta de 1940, para ser usado por soldados. Por serem mais resistentes e com solado grosso, davam mais firmeza para caminhar nos terrenos no Norte da África onde esses homens se encontravam. Mais tarde, os ex-soldados continuaram usando esses mesmos sapatos que ficaram conhecidos como Brothel Creepers (do inglês crepe, que quer dizer “borracha”)imobiliaria.

creepers

Na década de 1950 os Teddy Boys  levaram os sapatos paras as ruas. E assim eles nunca mais saíram da cena underground atravessando as décadas de 60, 70, 80 e 90 no figurino de skinheads, punks, góticos e rockabillys.

Nos dias de hoje os creepers ganharam o coração de estilistas e editoras de moda e foram destaque essa semana nas passarelas resort 2013 da Chanel, em uma coleção que mostrava Maria Antonieta em pleno século XXI. De creepers e cabelos coloridos!

DSC_400070_largeEu não sei se irei me adaptar a essa ideia de usar creepers sem um bom motivo, acho legal e bonito mas só o tempo para me fazer comprar.

Beijos Joseana!

 

 

Anúncios

2 comentários sobre “Creepers

  1. Ri quando li “o Andreos me fez experimentar um creeper”!
    Estou louca para encontrar um para chamar de meu *-*

Obrigada por comentar :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s