Saia Midi

Olá, hoje vim falar um pouco sobre saia midi, pra quem não sabe são as famosas saia da década de 70 e 90 que iam até abaixo do joelho onde tinham volume e eram super rodadas.

Infelizmente como toda tendencia não favorece algumas meninas e como não podia deixar de ser as azaradas são as baixinhas e principalmente as como eu que não curtem o uso frequente de salto, e claro também não poderia deixar de ser as mais fofinhas ¬¬’, pois da volume e achata a pessoa então se você possui esse tipo de corpo lindo e perfeito como eu :p, pense bem e experimente muito antes de comprar.

Eu amo saias longas, midi e curtas, mas essa tendencia para mim infelizmente vai ficar só na tendencia pois não irei aderir até porque onde trabalho não tem como usar :(. E eu não invisto em roupas que não poderei usar para trabalhar.

Algumas verdades e mentiras!

1.       Comprimento Midi achata a silhueta = VERDADE

Por ultrapassar a linha dos joelhos, ele pode reduzir a estatura. Como alternativa, vale usá-lo sempre com salto alto (inclusive calçados mais pesados) e blusa no mesmo tom da saia, evitando os recortes. A parte boa da história é que, ao exibir a parte fina da perna, pode ajudar a ficar mais magra… baixinha porém magra, que tal?

2.       Comprimento midi é coisa de senhora = MENTIRA

Tudo depende de como a produção é montada. O modelo mais moderno é feito em tecido fluido, criando um aspecto evasê.  Para dar uma cara atual ao look, invista na cintura mais alta marcada com cinto, abuse dos acessórios, use com mix de estampas ou sobreposições. Esses elementos tiram o aspecto “velho” de qualquer produção de moda! O novo midi não tem “cara de trabalho” e pode freqüentar ambientes mais descolados, até com uma cara folk (em alternativa aos maxi comprimentos). Uma ar retro também pode ser bem vindo, mas apenas como inspiração. Cuidado para não sair por aí com cara de quem vai numa festa a fantasia temática.

 3.       Saia midi plissada engorda = MENTIRA

O tecido plissado contribui para formação de linhas verticais. O importante é evitar marcar demais a região do quadril e apostar nas cores mais fechadas.

Fonte: Blog Gustavo Sarti

Anúncios

Obrigada por comentar :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s